pesquisar

 
Quarta-feira, 10 / 11 / 10

Eu estou aqui!!!!!

 

.. Hoje até às 17h.. e amanhã há mais às 8h!

 

pormenorizado por T às 16:00
Quarta-feira, 10 / 11 / 10

Pensamento do dia #15

pormenorizado por T às 14:00
Quarta-feira, 10 / 11 / 10

Piada #20

O famoso comentador da TV, Marcelo Rebelo de Sousa, seguia a bordo de um aviao, de Lisboa para o Porto.

O lugar a seu lado estava ocupado por um garoto de uns 10 anos, natural de Amarante, de óculos, com ar sério e compenetrado.

Assim que o aviao descolou, o garoto abriu um livro, mas Marcelo Rebelo de Sousa puxou conversa.

- Ouvi dizer que o voo parece mais curto se conversarmos com o passageiro do lado. Gostarias de conversar comigo?

O garoto fechou calmamente o livro e respondeu:

- Talvez seja interessante. Qual o tema que gostaria de discutir?

- Ah, que tal política? Achas que devemos reeleger Sócrates ou dar uma oportunidade ao Passos Coelho?

O garoto suspirou e replicou:

- Poderá ser um bom tema, mas, antes, gostaria de lhe colocar uma questao.

- Entao manda! - encorajou o professor Marcelo.

- Os cavalos, as vacas e os cabritos comem a mesma coisa, certo? Pasto, ervas, raçoes. Concorda?

- Sim. - disse o professor.

- No entanto, os excrementos dos cabritos sao umas bolinhas, as vacas largam placas e, os cavalos, umas bolas bem grandes... Qual é a razao para isto?

Marcelo Rebelo de Sousa pensou por alguns instantes, mas acabou por confessar que nao sabia a resposta...

E o garoto concluiu:

- Entao como é que o senhor se sente qualificado para discutir quem deve governar Portugal se nao entende de
"merda" nenhuma???

pormenorizado por T às 11:25
Quarta-feira, 10 / 11 / 10

New Mode: Re-Start

pormenorizado por T às 10:55
Quarta-feira, 10 / 11 / 10

Pensamento do dia #14

pormenorizado por T às 09:40
Quarta-feira, 10 / 11 / 10

Desculpa

Não sei se ainda lês o blog.. ou não..

[também sinceramente, já não interessa muito]

.. mas se leres, Desculpa.

 

Desculpa por ser como sou!

[mas sou eu.. sem desculpas esfarrapadas.. sem o 'se calhar não dá jeito'.. ou sem os 'hoje não dá']

 

Desculpa por existir!

[mas existo, e estou cá mesmo que tu me ignores com todo o teu ser]

 

Desculpa por pedir desculpa!

Por insistir!

Por te querer!

Por te desejar.. e por te continuar a mandar mensagens e convites!

 

Desculpa!

Mas não consegui perceber um «não estou preparado afinal»..

 

Desculpa!

Mas precisei de ti e esqueceste que eu existia..

 

Desculpa!

Por mais desculpa que peça, nunca será a mesma coisa..

.. nem a amizade..

.. nem o resto..

 

O tempo que te dei, que te vou dar.. não sou eu!

És tu! És tu que me afastas e não me queres.

Mas pedes-me tempo.

E por isso te peço desculpa.

Desculpa porque afinal fomos um erro!

 

Desculpa porque afinal nem sequer existiu!

Desculpa porque me deixaste morrer!

E desculpa porque a fantasia que pensava realidade nunca passou disso mesmo!

 

Desculpa também por te tentar ensinar a olhar nos olhos enquanto falavas..

..desculpa por te incentivar a participar novamente nas Novas Oportunidades..

..e desculpa por te chatear para deixares de fumar..

 

Sei que a culpa é minha, porque pedi demais..

..porque exigi demasiada atenção..

..demasiados abraços e beijos..

..demasiado carinho..

e por tudo isso peço Desculpa!

 

Portanto..

 

..As minhas sinceras desculpas..

..mas adormeci, e não quero voltar a acordar contigo Pedro!

pormenorizado por T às 09:30
origem
origem

Novembro 2010

D
S
T
Q
Q
S
S
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
18
19
20
21
25
26
27
28
29
30

últ. pormenores

mais pormenorizados

arquivos

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

RSS