Numa conversa com o meu amigo P:

é um poema dificil, mas tu entendes

 

Não me compreendo nem no que, compreendeendo, faço
não atinjo o fim ao que faço pensando num fim.
É diferente do que é o prazer ou a dor do que abraço.
Passo, mas comigo não passa um eu que há em mim.
 
o bom entendimento é isto mesmo : saber que o outro é um eu que nunca se conhece, porque ele mesmo se desconhece

 

É por estas  pequenas grandes coisas... pela tua amabilidade e carinho.. pela sinceridade.. pela cumplicidade.. e outras coisas mais.. que são indescritíveis que me sinto especial!

Obrigada P

 

Beijinho na testa :)

pormenorizado por T às 14:00